Fundamentos
"Agradecei a graça da vossa filha na vossa vida. Amparai a luz com que hoje iluminastes. Alimentai-lhe a fé em que a introduzistes. Dizei-lhe que a esperança é tudo o que nos resta."

A questão aberta

“Agradecei a graça da vossa filha na vossa vida. Amparai a luz com que hoje iluminastes. Alimentai-lhe a fé em que a introduzistes. Dizei-lhe que a esperança é tudo o que nos resta.”

Ago, 12
Para quem desejar, partilho a breve apresentação sobre a figura de José Augusto Mourão no encontro organizado pelas Monjas Dominicanas do Lumiar no passado sábado, 14 de Maio. Boas leituras!

Palavra, desejo, corpo

Para quem desejar, partilho a breve apresentação sobre a figura de José Augusto Mourão no encontro organizado pelas Monjas Dominicanas do Lumiar no passado sábado, 14 de Maio. Boas leituras!

Mai, 19
A palavra há-de ser instauradora. A palavra é o que há de mais frágil no mundo. É daí que se nasce. A palavra deve fazer nascer o sujeito.

A Palavra instauradora

A palavra há-de ser instauradora. A palavra é o que há de mais frágil no mundo. É daí que se nasce. A palavra deve fazer nascer o sujeito.

Ago, 12

A Palavra é Messiânica

De novo José Augusto Mourão: dois poemas, dactilografados em máquina de escrever e conservados, do tempo da sua passagem pelo Seminário Maior do Porto; e uma homília, em forma de carta a Deus.

Jun, 18

Suspenso da Interrogação

«Eram peças abruptas de teologia literária, em torrentes metafóricas, pouco adequadas às exigências da oralidade, mas que ressuscitavam com uma força enorme quando saboreadas na leitura» Foi deste modo que Frei Bento Domingues recordou, no […]

Fev, 04

As Parábolas (II)

“A parábola apela a viver com aquilo que está escondido.Não é feita para dar explicações,não é um procedimento pedagógico,não é uma comparação:ela não põe em destaque,ela introduz o mistério no meio das evidências do mundo.”

Jun, 05

As Parábolas (I)

“O reino de Deus não é um objecto que se descreve por parábolas mas um dinamismo de que só em parábolas se pode falar.A parábola não impõe uma conclusão,ela abre o auditor para algo a […]

Jun, 03

Ascensão: O Pudor do Anúncio

Deus apaga-se. Discretamente. Porque é que Deus se apaga? Por misericórdia. Este afastamento deixa ao homem um espaço para viver. Jesus vive 30 anos no anonimato, depois anuncia o Reino, sem impor a sua autoridade, […]

Mai, 29

Nascer e Morrer à míngua de alto

«O amor maior,sem estratégia,é aquele que dá a vida àquele que ama.O que seduz no cristianismo é esta economia do dom sem medida que o Filho encarna e que a Eucaristia torna presente»(José A. Mourão) […]

Mai, 19

Feeds

Susbscribe to our awesome Blog Feed or Comments Feed